Workshop Sítios Natura 2000 marinhos e Pescas |Contactos | Mapa do SitePesquisa | Português Português English EnglishFacebook Twitter


C. Acções Concretas de Conservação

Acção C.1: Implementação dos Manuais de Boas Práticas Manuais para cada tipo de arte de pesca

O manual contendo os Códigos de Boas Práticas para cada arte de pesca foi definido na Acção A.4, com base em informações recolhidas durante a Acção A.3 e após reuniões de trabalho com os pescadores e decisores. A presente acção corresponde à implementação do manual acima mencionado.

 

Acção C.2: Implementação de medidas de mitigação em artes de pesca (pingers, modificação de artes de pesca)

Captura acidental de animais marinhos nas artes de pesca pode ser reduzida através da aplicação de medidas de mitigação operacionais e técnicas. Medidas operacionais incluem a implementação de códigos de boas práticas (abordado na Acção C.1), regulamentação do esforço de pesca e tipo de artes permitdas em função do período e/ou área de pesca. Medidas técnicas correspondem ao uso de sistemas de alerta/afastamento ou modificação de artes de pesca.
As soluções para reduzir as capturas aidentais não são universais e diferem entre artes, tipos de pescas, regiões de pesca, e quanto ao tipo de capturas acidentais que produzem . Portanto, quase todas as artes de pesca irão testar experimentalmente as medidas de mitigação e descobrir quais os sistemas que na prática funciona melhor, bem como contribuir para melhorar as soluções já desenvolvidas, de forma a se adaptarem ao cenário Português.
Assim, a presente acção, corresponde à implementação de um conjunto de acções de mitigação, na sequência dos resultados obtidos na Acção A.3 e recomendações que foram emitidas durante o respectivo programa de vigilância / monitorização. O sucesso desta acção será avaliada pela Acção E.3.

 

Acção C.3: Melhoria das redes de arrojamentos e de reabilitação de animais marinhos em Portugal Continental

Nesta acção o objetivo principal é melhorar a capacidade de resposta das duas redes arrojamentos que actualmente existem em Portugal. Uma das redes está relacionada com arrojamentos de animais mortos, enquanto o segundo está relacionado com os arrojamentos de animais vivos (mamíferos marinhos, aves marinhas e tartarugas marinhas). A fim de melhorar a eficácia das redes de arrojamentos actuais, diversos melhoramentos nas metodologias de actuação e equipamentos são necessários, aumentando assim a capacidade de detecção de animais arrojados e resposta a situações de arrojamento ao longo da costa Portuguesa.






  • Manuais de Boas de Práticas

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • maps

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • MarPro_WebGIS.png

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • LIFE @ 20- Competition and events website

    Clique na imagem para ir para o endereço.

  • Docs LIFE+ MarPro

    Clique na imagem para ir para o endereço.